Translate

18 de abr de 2016

Leitura Kindle de Abril : Dias perfeitos - Raphael Montes

Dias perfeitos foi um livro muito diferente do que eu esperava. Como li as cegas, pela capa imaginava algo mais leve e menos perturbador, mas isso não quer dizer que eu não tenha gostado.

O livro acompanha a trajetória de Téo (um psicopata) na batalha pelo que  ele imagina ser o seu primeiro e maior amor ( eu diria obsessão O.o).  

Téo vivia de forma tediosa e pacta, estudava medicina, conversava  as vezes com sua melhor amiga Gertrudes ( um corpo da anatomia ) e se esforçava para reagir emocionalmente as situações como é esperado de uma pessoa comum. 
"Sentia-se fadado ao limbo, à monótona rotina, desprovida de momentos felizes ou tristes. Sua vida era apenas um vazio preenchido por tímidas emoções."
Tudo muda quando ele conhece Clarice, por quem fica obcecado. Ele então decide usar de todos os meios (manipulação,sequestro, assassinato...) para fazer com que Clarice se encaixe nos planos que ele criou para a vida dos dois.
Téo é de um nível de insanidade assustador, acredita nas próprias mentiras, tem um ego extremamente inflamado, não tem nenhum senso de realidade, que faz com que ele cometa atos indescritíveis com  muita frieza e naturalidade. Imaginar que existam pessoas assim, que  talvez convivamos com elas sem nos darmos conta, é perturbador.

"Imaginá-la morta era menos doloroso."
"Tinha a sensação de que vivia num filme e que pessoas do outo lado do mundo o acompanhavam através de câmaras ligadas vinte e quatro horas por dia"
 A leitura fluí muito bem, e é interessante a forma como o autor introduz elementos nacionais, como cantores, autores e cenários de maneira natural, sem que isso pareca forçado ou que fique de certa forma americanizado, como uma tentativa de adaptação, que as vezes vejo em livros e filmes nacionais que abordam a psicopatia. 

Para mim esse livro teve o final mais insano e surpreendente dos últimos tempos. Leitura muito recomendada para 

Nenhum comentário:

Postar um comentário